Total de visualizações de página

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Futuro Sem Passado

O facebook me avisa que amanhã é aniversário do meu amigo Arnaldo Albuquerque, falecido em janeiro do ano passado.

Creio que dentro de alguns anos essa rede estará cheia de páginas de pessoas mortas. Verdadeiros mortos-vivos na internet.

A efemeridade da internet tem problemas a longo prazo. Talvez terei que desativar um blog que tenho há quase noves anos porque ele está desconfigurando. Parece que não aguenta a quantidade de postagens ao longo de tanto tempo. Blogs foram feitos para durar pouco.

E eu que pensava que estava guardado tudo que escrevi durante esses anos todos! Trabalho perdido.

Também acho que essas fotos "deletáveis" não terão longa vida. Estamos fazendo uma informação que se perde rapidamente.
Não se guarda os e-mails como se guardava correspondências. Não poderemos conhecer mais verdadeiras histórias de correspondências, como - por exemplo - as cartas de Freud e Lou Andreas Salomé, por exemplo.

Não existe mais as versões anteriores de uma obra literária. Os remendos eliminam a versão anterior. Não teremos mais uma história da constituição de um romance, por exemplo, ou a correção dos poemas de Torquato, tal como ele deixou.

Não sei se estou nostálgico, mas sei que tenho um medo de pensar que teremos um futuro sem passado!

Edmar Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário